PESQUISAR TEMAS E ARQUIVOS DO BLOG

terça-feira, 6 de junho de 2017

7º dia da Trezena de Santo Antônio



Santo Antônio, ensina-nos a ser Missionários também

O grande ideal de Santo Antônio de ser missionário e mártir brotou quando conheceu os missionários franciscanos que passaram por Coimbra e, depois de martirizados, tiveram seus restos mortais enviados para o Mosteiro onde ele morava.

O ideal missionário nunca morreu. Seus superiores franciscanos, percebendo a grande capacidade de pregar de Frei Antônio enviaram-no para pregar missões na França para converter os hereges albigenses e outros grupos de cristãos fanáticos, contrários à doutrina ensinada pela Igreja.

Todos os últimos anos de sua vida dedicou-se a grandes pregações em Pádua e seus arredores. Foi pregador de arrebatar grandes multidões. Que cada um de nós sinta o forte apelo de Cristo para sermos missionários também.

ORAÇÃO DE SANTO ANTÔNIO

“Ó Luz do mundo, Deus imenso e Pai eterno, doador da sabedoria e da ciência, piedoso e generoso dispensador das graças espirituais, conhecedor de todas as coisas antes mesmo de existirem, Criador das luzes e das trevas, estende a tua mão e toca a minha boca. Faze com ela seja uma espada afiada para anunciar eloqüentemente a Tua Palavra.”

Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

PALAVRA DE DEUS

1ª Carta de São Paulo aos Coríntios 9,14-23

O Senhor mandou também que aqueles que anunciam o evangelho vivam do trabalho de anunciar o evangelho.
Mas eu não tenho usado nenhum desses direitos, nem estou escrevendo isso agora para exigir esses direitos para mim mesmo. Eu preferiria morrer a fazer isso! E ninguém vai me tirar o orgulho que eu tenho de agir assim! Eu não tenho o direito de ficar orgulhoso por anunciar o evangelho. Afinal de contas, fazer isso é minha obrigação. Ai de mim se eu não anunciar o evangelho!
Por isso, se eu faço o meu trabalho por minha própria vontade, então posso esperar algum pagamento. Porém, se faço como um dever, é porque é um trabalho que Deus me deu para fazer. Nesse caso, qual é o pagamento que eu recebo? É a satisfação de anunciar o evangelho sem cobrar nada e sem exigir os direitos que tenho como pregador do evangelho.
Quando estou entre os fracos na fé, eu me torno fraco também a fim de ganhá-los para Cristo. Assim, eu me torno tudo para todos, a fim de poder, de qualquer maneira possível, salvar alguns.
Faço tudo isso por causa do evangelho a fim de tomar parte nas suas bênçãos.”

Evangelho de São Lucas 9,1

Jesus chamou os doze apóstolos e lhes deu poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças. Então os enviou para anunciarem o Reino de Deus e para curarem os doentes. Ele disse: ‘Nesta viagem não levem nada: nem bengala para se apoiar, nem sacola, nem comida, nem dinheiro, nem mesmo uma túnica a mais. Quando vocês entrarem numa cidade, fiquem na casa em que foram recebidos até irem embora daquele lugar. Mas, se forem mal recebidos, saiam logo daquela cidade. E na saída sacudam o pó das suas sandálias, como sinal de protesto contra aquela gente.’ Os apóstolos então saíram de viagem e andaram por todos os povoados, anunciando o evangelho e curando doentes por toda a parte.”

Preces:

Senhor, fazei de nós mensageiros do amor como Santo Antônio.

1. Quando Jesus viu a multidão, ficou com muita pena daquela gente porque eles estavam aflitos e abandonados, como ovelhas sem pastor”(Mt 9,36) “Peçam ao dono da plantação que mande mais trabalhadores para fazerem a colheita.” Rezemos.

2. ”A colheita é grande mesmo, mas os trabalhadores são poucos”(Mt 9,37). Há muitos habitantes no mundo que não conhecem Jesus.” Peçam ao dono da plantação que mande mais trabalhadores para fazerem a colheita”. Rezemos.

3. “Jesus acolheu a multidão, falou a respeito do Reino de Deus e curou os que precisavam ser curados.“(Lc 9,11). Há milhares de pessoas no mundo vivendo na miséria total, na fome e no abandono. Rezemos.

4. “Andem pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.” (Mc 16,15-16). Jesus, dá-nos coragem para dizer todos os dias: eis-me aqui, envia-me para tua plantação. Rezemos.

Oferecimento do dia:

“Imploramos ao Senhor Jesus que tire do nosso coração o orgulho do fariseu e imprima nele o Evangelho da humildade. Que mereçamos subir com Ele ao templo da glória e sermos colocados na ressurreição final à sua direita. Que Ele nos ajude, Ele que morreu por nós e ressuscitou. A Ele são devidas honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém!”

Palavras de Santo Antônio

“O pregador deve saber primeiro o quê, a quem e quando prega, e depois deve se perguntar se vive segundo aquilo que prega.”

“Quem segue verdadeiramente a Cristo deseja que todos o sigam, e, por isso, vira-se para o próximo com solicitude de ânimo, devota oração e pregação da palavra.”

Santo Antônio, Santo do Mundo Inteiro, rogai por nós.

Oração final:

“Roguemos, irmãos caríssimos, ao Senhor Jesus Cristo, que nos convidou através da pregação, se digne chamar -nos com a inspiração de sua graça à ceia da glória celeste. Nela saciados, contemplaremos quão suave é o Senhor. Deus uno e trino nos faça participantes desta suavidade, ele que é bendito, louvável e glorioso por séculos eternos. Diga toda alma fiel introduzida nesta ceia: Assim seja. Aleluia!”

Bom propósito:

Que cada um de nós, cristãos, vença a timidez, o medo e o comodismo. O convite de Cristo para a Missão é para todos. Que tenhamos coragem de visitar os doentes nos hospitais e as famílias que se afastaram da prática religiosa, para dar testemunho da nossa fé em Cristo.